quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Obaaaaa! Acabou!!!!!!!!

E tudo de bom em 2010.
Paz e Saúde.
Obrigado aqueles que passaram por aqui.
Foi um prazer conhecer gente nova, de outros cantos.
Voltem sempre e por favor, deixem um recado.
Até o ano que vem!
Beijos
Gloria

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

A Casa

Ela é grande, para caber a familia, os amigos e os sonhos,
Ela é velha e aconchegante, como colo de avó,
Ela é colorida, alegre, florida, como uma cartão de boas vindas,
Ela é alta para se poder olhar além, olhar o futuro e de longe ser vista, como um farol,
Ela tem remendos, pois não há como passar pela vida, sem se machucar,
Essa é a minha casa.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Então é Natal

É tempo de abraçar...
É tempo fazer discurso e conferir os presentes.....
E de BEIJAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Abandono do melhor amigo

Abandono do melhor amigo
O texto abaixo foi escrito pelo médico veterinário Renato Silvano Pulz, professor do curso de Medicina Veterinária da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Canoas/RS. É um triste relato de uma situação que, infelizmente, se repete dia após dia - de abandono e maus-tratos contra animais - com requintes de crueldade, desamor e de total desinteresse e desrespeito à vida por parte de "seres humanos". São criminosos e, como tais, precisam ser denunciados e punidos.Por outro lado, esse relato também mostra a bondade e o senso de responsabilidade de quem se dedica ao próximo e tem amor e respeito à vida. São exemplos de que o bem é maior que o mal e de que, se cada um fizer a sua parte, o que estiver ao seu alcance, sem medo, essa corrente só tende a crescer!
Bela após o atendimento
"O cão é o melhor amigo do homem ou, ao menos, é o que o velho ditado popular nos ensina. Entretanto ocorrem situações em que o ser humano esquece de suas obrigações morais e éticas com os outros seres vivos.No Hospital Veterinário da Ulbra, atendemos uma cachorrinha abandonada à própria sorte dentro de uma mochila. A simpática poodle-lata foi achada em uma rua de Canoas e levada ao hospital pela caridade da professora Jeanete Hilger, que, sensibilizada com a situação, se responsabilizou pelos custos do tratamento. A cachorrinha no estado crítico em que foi encontrada
A cadelinha, que recebeu carinhosamente o nome de Bela, além de um péssimo estado geral, e parasitada por muitos carrapatos, apresentava múltiplas lesões na pele e fratura em ambos os membros posteriores, provavelmente devido a um atropelamento. Uma das fraturas estava exposta e muito infeccionada e exigiu a amputação do membro.A veterinária residente Vanessa Bulling, que atendeu o caso, diz estar chocada com a frieza da pessoa que praticou tal ato, o de abandonar um animal naquelas condições. A mochila dentro da qual Bela foi abandonada para morrer
A relação do ser humano com seus animais domésticos está cada vez mais estreita. É fácil aprender a amar um filhote, é um exercício de afetividade. Com eles, aprendemos a receber e a demonstrar afeto. Mas também podemos perceber em nossos atos em relação a esses seres nossos comportamentos e atitudes menos louváveis.Personalidades históricas, como Da Vinci, Pitágoras, Gandhi e Bentham, sempre alertaram que a crueldade humana com os animais é um sinal de desrespeito à vida e uma conduta moral condenável. Os animais são seres que têm emoções, sentem dor, têm diferentes graus de consciência. Assim, é inadmissível que aceitemos maus-tratos e abandonos em uma sociedade civilizada.A posse responsável dos animais domésticos deve nortear nossa conduta. É certo que a violência está por todos os lados e que o próprio ser humano sofre as suas mazelas. Mas são as mudanças em nossas atitudes e o não-conformismo que podem provocar mudanças para um mundo um pouco melhor. Assim como fez a professora Jeanete, que também conseguiu um novo lar para a Bela."
Renato Silvano PulzProfessor do curso de Veterinária da Ulbra
Fotos: Assessoria de Imprensa da Ulbra "Amigo é quem te socorre... Não quem tem pena de ti."
"Quando se é capaz de lutar por animais, também se é capaz de lutar por crianças ou idosos. Não há bons ou maus combates, apenas o horror ao sofrimento aplicado aos mais fracos que não podem se defender".Brigitte Bardot

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Passando dos Cinqüenta (Marina Colasanti)

Meu pescoço se enruga.
Imagino que seja de mover a cabeça para observar a vida.
E se enrugam as mãos cansadas dos seus gestos.
E as pálpebras apertadas no sol.
Só da boca não sei o sentido das rugas
se dos sorrisos tantos ou de trancar os dentes
sobre caladas coisas

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Utilidade Gatal

Um grande problema enfrentado pelos nossos bigodes é o surgimento de fecalomas, bolas que se formam no intestino, devido a ingestão dos pelos durante o “banho de gato”. Esses pelos junto com o bolo fecal ocasionam a obstrução intestinal nos bichinhos. Coitadinhos, é um sofrimento! Muitos conseguem vomitar esses bolos de pelo, outros eliminam pelas fezes, mas quando isso não acontece ocorre a obstrução e se não corrermos logo, acabam morrendo por septicemia. Essas bolas são duras e quase sempre perceptíveis ao toque, mas deixe que o vet faça isso. Dicas: Escovar sempre que possivel; Oferecer ervas ásperas, pois elas ajudam a provocar vomito. Quem mora em apartamento, procure ter um vaso com capim-limão, tambem conhecido como capim-cidrô(no Sul). Oferecer azeite de oliva, alguns gostam. Também o óleo da sardinha em lata é bom. Produtos como pastas. Gatos de apartamento são mais propensos a ter fecaloma. Observar se estão evacuando com regularidade e se as fezes estão muito secas. Em caso de dúvida, corra, pois é muito rápido a evolução do problema. Palavra de quem já passou por isso!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Artesanato (por Leandro Pontes)

Aqui, uma caixa para baralho. O ó do borogodó foi encaixar a imagem, bonequinhos de bolo, no contexto. Mas deu certo, e valeu o desafio!
Continuando.......
Taí, vou postar peças na medida que o tempo permitir.
Digo de cadeira, quem tiver um tempinho sobrando, entra nessa, pois é muito prazeiroso fazer e decorar a nossa casa, dar para os amigos e talvez vender. O Natal tá aí, sem contar os aniversários. É otimo para a cabeça, faz a gente se desligar das chateações de todo dia.
Abraços,
Quem diria que essa jovem senhora seria uma ótima artesã? Não que eu duvidasse de sua capacidade artística, mas sim porque sempre foi mais de seu perfil pintar paredes, consertar encanamentos, instalações elétricas do que trabalhar horas a fio em um ateliê na mesma tarefa. Mas eis que ela me apresentou uma grata surpresa:
"Lê, fiz 15 pratos e uma travessa, tô criando a linha Natal 2009, que será a travessa e alguns pratos que não estão nestas fotos, te mando depois. Alguns desses pratos são de uma encomenda, não estão para venda. As caxinhas infantis tambem são de encomeda."
PRATOS
CAIXAS