quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Passando dos Cinqüenta (Marina Colasanti)

Meu pescoço se enruga.
Imagino que seja de mover a cabeça para observar a vida.
E se enrugam as mãos cansadas dos seus gestos.
E as pálpebras apertadas no sol.
Só da boca não sei o sentido das rugas
se dos sorrisos tantos ou de trancar os dentes
sobre caladas coisas

Um comentário:

Clarice disse...

Bela escolha para refletir sobre o que nos define em qualquer idade.
Mas que bela mulher aos 50, hein?
O aniversário foi dei 26 mesmo?
Pena não ter passado aqui no dia. Mas seguem dois abraços para compensar.
Parabéns!