terça-feira, 3 de agosto de 2010

Música



















Há dias que nada melhor que uma música,
para traduzir o que vai na alma.
E como boa roqueira, segue uma letra do Renato Russo( e outros), para pensar.

Metal Contra as Nuvens

Legião Urbana
Dado Villa-Lobos/ Renato Russo/ Marcelo Bonfá

Não sou escravo de ninguém
Ninguém, senhor do meu domínio
Sei o que devo defender
E, por valor eu tenho
E temo o que agora se desfaz.
Viajamos sete léguas
Por entre abismos e florestas
Por Deus nunca me vi tão só
É a própria fé o que destrói
Estes são dias desleais.

Eu sou metal, raio, relâmpago e trovão
Eu sou metal, eu sou o ouro em seu brasão
Eu sou metal, me sabe o sopro do dragão

Reconheço meu pesar
Quando tudo é traição,
O que venho encontrar
É a virtude em outras mãos.

Quase acreditei na sua promessa
E o que vejo é fome e destruição
Perdi a minha sela e a minha espada
Perdi o meu castelo e minha princesa.
....
E, por honra, se existir verdade
Existem os tolos e existe o ladrão
E há quem se alimente do que é roubo
Mas vou guardar o meu tesouro
Caso você esteja mentindo.

É a verdade o que assombra
O descaso que condena,
A estupidez, o que destrói
Eu vejo tudo que se foi
E o que não existe mais
Tenho os sentidos já dormentes,
O corpo quer, a alma entende.
Esta é a terra-de-ninguém
Sei que devo resistir
Eu quero a espada em minhas mãos.

Eu sou metal, raio, relâmpago e trovão
Eu sou metal, eu sou o ouro em seu brasão
Eu sou metal, me sabe o sopro do dragão.

Não me entrego sem lutar
Tenho, ainda, coração
Não aprendi a me render
Que caia o inimigo então.

Tudo passa, tudo passará...
E nossa história não estará pelo avesso
Assim, sem final feliz.
Teremos coisas bonitas pra contar.

E até lá, vamos viver
Temos muito ainda por fazer
Não olhe pra trás
Apenas começamos.
O mundo começa agora
Apenas começamos.

7 comentários:

Depsi disse...

Un poema muy bonito :))

Sid disse...

Grande Legião Urbana. Saudades...

Rutha/Pink/Barum/Luna disse...

Adoro Legião Urbana, morava em Brasília quando eles começaram a tocar...como é difícil ficar velha...
Adorei a estória do bode ! Ficou com o bumbum roxo ? Eu caí em cima do Barum na semana passada e meu braço ainda está todo roxo ! Imagino que você também deve ter boas estórias pra contar ! Afinal com 24...
Obrigada pelas fotos que me manda por e-mail, leio os e-mails muito rapidamente e não dá tempo de responder, prefiro responder pelo blog mesmo !
Beijos
Laís

Gloria disse...

Seja bem vinda Depsi.
Bota saudade nisso Sid.
Lais, não fiquei roxa não,pois ele não dava para machucar, só pra brincar.Quando estou dirigindo gosto de ouvir música(rock) alta,quem vê deve achar estranho, uma coroa ouvindo Legião, Paralamas, Skank, Nando Reis e outros, mas não tô nem ai.
Abraços a todos

Willian_Inc. disse...

eu queria ter nascido na epoca em que Legião Urbana começou a tocar, essa música é muito boa!!!!
É Glória Punk Rock Style...

Clarice disse...

Cada dia é um novo ano que começa. Sempre. A luz a gente cria, quando os cantinhos escuros começam a ameaçar. E no mais é procurar uma alegria por dia.
Beijos.

Gloria disse...

Willian, dá pra curtir Legião hoje, vai ser sempre bom. Procure ler as letras.
Clarice, pura verdade.
Bjs. Gloria