terça-feira, 18 de maio de 2010

Eu quero uma casa no campo...

Porta-saco, tem até folhas de outono e ninho na chaminé!

3 comentários:

Clarice disse...

Se você continuar me tentando e vou morar é nessa casinha. Que fofura! Eu não junto sacolinha mas queria só pra curtir.
E o que foi essa ventania que veio daí? Água por todos os poros do céu. Glub!
Beijos.

Gloria disse...

Pode vir que tem vaga! Tenho pavor de ventania, não consigo nem dormir, só colocando fones e ouvindo musica para abafar o som do vento. Aqui em casa caiu um beiral inteiro, derrubou e quebrou vasos. Não machucou ninguém, é lucro. Bjs molhados.

Clarice disse...

Ah, frô, você não aguentaria aqui nem meia semana. Quando não é do sul é nordeste. Já acostumei, mas quando vem um pé de vento como desta terça, vade retro! Pensei que iria estourar a porta do terraço.
Minha mãe em ocasiões assim juntava a tropa toda, acendia vela e queimava ramo bento. Rezava pra Santa Bárbara, que depois foi dessantificada. Só que a tola fazia isso em volta do fogão a lenha. Olha o perigo da inguinorança. Hoje em dia morro de rir disso.
Você fique longe de beiradas, viu?
Abração.