sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Só um lembrete

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira... Quando se vê, já terminou o ano... Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida. Quando se vê, já se passaram 50 anos! Agora é tarde demais para ser reprovado. Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas. Desta forma, eu digo:Não deixe de fazer algo que gosta, devido à falta de tempo,pois a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais. Mário Quintana

8 comentários:

Pitanga Doce disse...

Ó Glória estive lá na Clarice e ela andou atropelando metade de Florianópolis, fora isso tá tudo bem. heheh

Sabes porque ela ativou a moderação de comentários? Tinha algum "mono" enchendo a nossa amiga?

Ah os teus trabalhos aqui abaixo estão um must!

Gloria disse...

Não sei. Quando postei não estava ativado. Alguem deve ter incomodado.Só que nem email ela tem mandado. Tomara que ela esteja de férias, passeando.
bjs.

Anônimo disse...

Quer falar do tempo em forma de poema? Procura por Carlos Drumond de Andrade "Os ombros suportam o mundo".

Gloria disse...

Hummm...Teus ombros suportam o mundo e ele não pesa mais que a mão de uma criança. ...
obrigada pela dica, quer se identificar?

Clarice disse...

Ah pois, vejo que virei asunto de coluna de fofocas enquanto me danava com pesadelos de acidentes.
Meninas, meninas...

Sabedoria pura do Quintana, mas cadê coragem, por exemplo pra fazer uma declaração de amor imenso a alguém proibido, mesmo imaginando que o mundo possa acabar amanhã ou em 2012?

Ainda vou verificar esse tal moderador que surgiu from the blue
Beijos.

Clarice disse...

Eu deixei palavras por aqui, que sumiram. Qualqueé, hein?

Pitanga Doce disse...

Gloria volta lá na Clarice que ela tá provocando a gente! Pode???

Fofocas interestaduais? Que calúúúnia! hehehehe

Pitanga Doce disse...

Ah, na ida, vai também na árvore ver o Rio!